Zara,Ecko, Gregory, Billabong, Brooksfield e outras grifes envolvidas com trabalho escravo.De novo!!!

Vamos espalhar a denúncia!

Luíz Müller Blog

zaraTramita no Congresso Nacional o PL 4330, da terceirização, que vai subverter as relações de trabalho no Brasil, até então protegidas pela CLT – Consolidação das Leis do Trabalho. Mesmo sem esta aberração, parte das grandes empresas se utiliza do artifício da “terceirização” para justificar trabalhadores escravos nas suas linhas de produção. Quando flagradas, põe a culpa nas empresas que lhe prestam serviço. E aí se inicia uma disputa judicial que leva anos. E as grandes marcas só trocam as empresas que lhe prestam serviços, mas os métodos continuam os mesmos. Roupas caríssimas feitas as custas de trabalho escravo em pleno século 21, no Brasil e no mundo. Se vingar o PL 4330, no Brasil este tipo de trabalho estará sancionado pela Lei e nem aos longos processos judicias as grandes empresas e grifes terão que se submeter, pois afinal, o responsável será a empresa prestadora de serviços e não a…

Ver o post original 489 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s