POR QUE ABDICAMOS DO DIREITO DE SONHAR?

van_gogh-seara_com_ciprestes

Foto: Seara com Ciprestes (Vang Gogh, 1889).

 

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda, advogado, mestre em ciências sociais.

 

Houve um tempo onde as pessoas sonhavam!

Amavam a liberdade, lutavam por igualdade, acreditavam…

Naquele tempo, o próprio tempo era sublimado em torno de algo maior,

Como a conservação da natureza, o fim das guerras, o direito ao ócio…

 

Este tempo se foi!

Hoje somos vítimas da mecânica da eficiência.

Jovens saem da academia com horizontes limitados pelo cálculo,

Por melhores ganhos, mais rentabilidade, somos escravos dos relógios…

 

Sonhar, acreditar, lutar por um novo mundo, são palavras do passado!

Muitas vezes nós, os sonhadores, são chamados de loucos.

Quando não de românticos ou inconsequentes!

Somos seres do passado, livros guardados numa biblioteca que é engolida pela internet.

 

Pois prefiro sonhar, ser chamado de louco a abdicar da vida!

Quero sim, transformar o mundo, mudar mentes e corações…

Não  consigo ver sentido numa vida sem desejos ou emoções,

Nem deixar de acreditar que podemos ir além.

 

Conclamo a todas que ainda sonham a expressar sua loucura,

A se rebelarem contra a mecânica da violência espúria,

A derrubar bombas com palavras,

E a acreditar que tudo é possível quando não deixamos de amar…

 

 

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s