NÃO VAI TER GOLPE! VAI TER LUTA!

democracia

 

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda, advogado, mestre em ciências sociais.

 

Já afirmei diversas vezes que o silêncio em momentos de conflito pode ser uma arma para as injustiças, ainda mais quando enfrentamos as poderosas máquinas disseminadoras de ódio dos grandes carteis de mídia.

O Brasil está sendo massacrado por uma campanha de ódio golpista só vista na prévia do golpe de estado de 1964. As elites conservadoras e reacionárias, derrotadas nas ruas e no voto, tentam impor novos turnos eleitorais por meio de uma campanha alienante intensiva e pela mobilização dos estratos rentistas da população. Mas o golpe não vai vingar!

Diferentemente de 1964, hoje as forças populares e democráticas estão preparadas para enfrentar as ameaças dos inimigos da democracia. Fomos forjados na luta contra a ditadura e contra o neoliberalismo. Tomamos espaços nas mídias alternativas e globalizamos as nossas formas de expressão nos Fóruns Sociais Mundiais. Mais do que isto, conhecemos as ruas e os caminhos para a liberdade e a igualdade muito melhor do que qualquer massa de manobra do golpismo!

O nosso canto irrompe barreiras e vai bradar nos recantos mais distantes deste país. Por democracia, por nossos direitos duramente conquistados, transformamos rios em avenidas e passaremos a ocupá-los com nossas faixas e nossas bandeiras. Já conhecemos a dificuldade, e estamos acostumados a superá-la!

Não tememos a pregação do ódio pois carregamos a moral elevada de quem sempre lutou por um país e por um mundo melhor. Somos artífices ao oferecer voz ao excluídos e silenciados. Não conhecemos o medo, pois não aceitamos ficar de braços cruzados esperando a doutrinação dos amantes do terror e do preconceito.

Nossas bandeiras são verdes, são amarelas, são azuis e são brancas, mas também são vermelhas, pois somos conduzidos pelo espírito solidário da igualdade e da esperança! Também fomos ungidos pelo sangue dos mártires e desaparecidos políticos impostos pelos regimes de terror do nosso passado.

Quem está acostumado a enfrentar diariamente as manobras opressoras não silencia! As barreiras colocadas diante de nossos corações e mentes serão derrubadas pela marcha contínua das nossas vozes em uníssimo canto pela liberdade e pelo amor!

Dia 18 foi apenas uma amostra do que está por vir. No dia 31 de março não restará nenhuma rua sem manifestação dos guerreiros democráticos! Recuem forças da repressão pois não vai ter golpe! Vai, isto sim, ter luta, e muita!

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s