PÓLO NAVAL DE RIO GRANDE: Uma Luta que é de todo o Rio Grande do Sul.

Estaleiro-QGI-contrata-2-mil-trabalhadores-a-partir-de-março

 

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda, advogado, mestre em ciências sociais, ex-Secretário de Meio Ambiente de Rio Grande/RS.

A presença de quadros da política nacional na cidade de Rio Grande/RS no ato do dia do trabalho em defesa do pólo naval apenas demonstra a importância do tema. A cegueira política de alguns dirigentes do Estado tenta limitar o debate à cidade da Zona Sul. Contudo, uma simples análise do cadeia produtiva da indústria naval e do petróleo e do gás comprova que os efeitos positivos do empreendimento beneficiam toda a região, a Zona Metropolitana da Capital, a Serra, o Jacuí, ultrapassam a fronteira do Estado e do Mercosul. Logo, é um assunto de grande relevância, que beneficia muito mais do que os 25.000 metalúrgicos de Rio Grande, de São José do Norte, de Capão do Leão, de Pelotas e de Santa Vitória do Palmar.

Desta forma, causa estranheza a total omissão do Governo do Estado em relação ao desmonte da industrial naval gaúcha. Falo não apenas segue de silêncio, como defende as ações de Michel Temer (PMDB/SP) que prejudicam todo o povo gaúcho. Parece que o alto comando do Piratini trava uma cruzada contra a população, contra as empresas e contra a economia do Estado. Ao mesmo tempo que acuso o Partido dos Trabalhadores de politizar a pauta, o comando do PMDB faz exatamente o que crítica e politiza negativamente o tema, pois se omite, se esconde e ataca aqueles que defendem os interesses locais. Na verdade, trata-se de uma pauta política concreta onde ficam bem claras as fronteiras entre aqueles que defendem os interesses coletivos e aqueles que apenas queriam se acomodar no poder!

As ações positivas do Prefeito Alexandre Lindenmeyer (PT/RS) em prol do interesse local precisam ser reforçadas, inclusive com a participação dos demais prefeitos e prefeitas da região. A construção civil de Pelotas, por exemplo, avançou nos últimos anos, muito se deve aos investimentos da indústria do petróleo e do gás, à duplicação da BR 116 e ao Polo Eólico. Por sinal, o Governador Sartori (PMDB), que está em processo avançado de venda da CEEE e, por erro estratégico, perdeu os recursos internacionais para implantação do Complexo da Curupira/Povo Novo e agora corre atrás de alguém que queira comprar o projeto. Novamente, quem perde recursos e empregos é a cidade de Rio Grande, pois no erro da administração estadual também tivemos a expulsão da indústria WEG da região.

Há muito mais que investimentos diretos e empregos em jogo. Temos a auto-estima da população, a dignidade da cidade, o crescimento tecnológico e científico, a autonomia energética e uma série de outros elementos que beneficiam a vida coletiva no centro do problema. Sejam bem vindos aqueles que acreditam na região e nesta luta, pois, mais do que nunca, está na hora de conjugar esforços em benefício da sociedade!

 

Anúncios

2 comentários

  1. Gostei do seu comentário sobre o Polo do Rio Grande. Realmente o investimento que foi feito para operacionalizar a indústria naval foi grande e está em vias de ser perdido (se já não foi). Só não concordo com a frase que critica o PT por politizar o tema. Ora, se não vai elogiar o que fez de certo, vai elogiar o quê? Em minha humilde avaliação, o PT fez duas coisas que o redimem de alguns erros: um foi o investimento nos Institutos Federais ( que colocou escolas técnicas e cursos superiores federais) no interior do Brasil, onde jamais seriam construídos por outro governo. E em infraestrutura com os portos e estradas. Há muitos anos não se via.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s