A Voz Que me Desperta

100ac77b3ee53d27d3a70b8c3802bc664ee12108v2_hq

Foto: Carta, em Violet Evergarden (Kyoto Animation, 2017)

 

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda

Sinto o tempo parado.

Os próprios ritmos do meu coração silenciam.

Fico em busca dessa voz que me persegue,

desse canto perdido que nasce do vazio.

Não vejo rosto, nem sorriso.

Meus olhos ficam em busca de uma referência.

Mas a música do meu espírito apenas me força a caminhar sem rumo,

na certeza que eu algo muito forte me acompanha.

Ah! Doce canto que desperta minhas esperanças,

onde estás que não te percebo?

Por que insisto nesta estrada vazia quando te ouço?

Queria sentir algo mais do que a tua melodia,

acreditar que os meus versos possuem um destino

e caminhar de olhos fechados ao teu lado.

 

 

 

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s