Negar-te Um Beijo

vladimir-kush-adeus-beijo-pintura-a-leo-de

Foto: Adeus Beijo, de Vladimir Kush

 

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda

 

Mesmo em delírio contínuo,

com a minha sede saciada pela intensidade dos nossos encontros,

resolvi afastar meus lábios

e negar-te um beijo.

 

Decidi avançar por outros caminhos,

fazer minha boca trilhar tua pele eriçada,

sentir os teus sussurros de agonia, de martírio

e a ansiedade que acelera o pulsar do teu peito.

 

Negar-te um beijo como forma de sevícia,

para antecipar a fúria das marés em ritmo frenético,

nesta luta contínua para tocar a praia do teu íntimo

e derrotar todas as tuas barreiras de resistência.

 

Decidi negar-te um beijo para satisfazer meus desejos mais profanos

e entregar-me nesta aventura interminável,

estasiado, embevecido, arrebatado,

ao mesmo tempo derrotado e vencedor.

 

Assumo que fui torpe em minha estratégia.

Buscava encontrar os teus mais profundos sentimentos,

ouvir-te gritar contra a minha ousadia

mesmo mantendo nossos corpos contíguos.

 

Não contei as horas de tormento,

dos momentos em que fiquei afastado dos teus lábios,

mas agora não mais resisto. Minha boca já conhece a tua alma,

por isto a entrego como espólio para a verdadeira dona do meu ser.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s