LOUCOS

BoemiaEsteves

Foto: Boemia, de D. Esteves (acervo da Alesp/SP).

 

Autor: Sandro Ari Andrade de Miranda

Chamam-nos de loucos por nos opormos aos seus métodos e padrões.

Que bom, ser louco, em um mundo dominado por déspotas, é a melhor notícia!

Somos loucos porque sonhamos, desafiamos a estética da violência,

porque acreditamos no espírito revolucionário, nas utopias.

Somos loucos, porque não temos medo da liberdade,

nem de sair pela rua cantando, dançando, em oposição às máquinas sem emoção.

Somos loucos, porque amamos com intensidade, porque desejamos,

porque somos boêmios e lutamos por justiça e igualdade.

A nossa loucura é subversiva, não se relaciona com o ódio.

A nossa insanidade é o querer além do espaço vazio.

Somos loucos porque não vivemos de aparências,

porque desafiamos a lógica e conseguimos superar as mais pesadas barreiras.

Somos loucos porque continuamos a nossa jornada,

porque falamos sozinhos e ouvimos as vozes que ninguém mais ouve.

Ah, somos loucos… e como é bom ser louco, se apaixonar, mesmo que de forma efêmera!

Eu já nasci louco, sempre ansiei pela minha loucura

e ainda sou mais louco porque sei que um dia irei concretizá-la.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s